Perspectivas sobre a formação continuada de professores de física no Estado do Paraná a partir de sua concepção epistemológica

Autores

  • Michel Corci Batista Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Elisângela Rovaris Nesi Secretaria de Educação do Estado do Paraná
  • Taisy Fernandes Vieira Universidade Estadual de Maringá

Palavras-chave:

Formación continua. Programa de Formación Continua. Formación en Acción Conceptos epistemológicos.

Resumo

Este artigo objetiva tecer algumas considerações a respeito das características dos programas de Formação Continuada desenvolvidos pela Secretaria de Educação do Estado do Paraná disponibilizado aos professores da Rede Pública nos últimos cinco anos. O artigo traz uma discussão a respeito da importância dos cursos de formação com ênfase nos Programa de Desenvolvimento Educacional e na Formação em Ação. Trata-se de um estudo qualitativo que utiliza análise documental descritiva para a interpretar os dados e constituição dos resultados. Entre outros aspectos, este trabalho evidencia os programas citados como maneira de assegurar, por parte da instituição mantenedora a participação dos profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michel Corci Batista, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutor. Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7328-2721

Elisângela Rovaris Nesi, Secretaria de Educação do Estado do Paraná

Doutora. Secretaria de Educação do Estado do Paraná.ORCID: https://orcid.org/0000-0002-9090-0840. 

Taisy Fernandes Vieira, Universidade Estadual de Maringá

Doutoranda em Educação para a Ciência e a Matemática – UEM. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-4357-5384. 

Referências

ANDRÉ, M. E. D. A. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 174-181, set./dez. 2010. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/viewFile/8075/5719. Acesso em: 2 jul. 2023.

BRZEZINSKI, I. Políticas contemporâneas de formação de professores para os anos iniciais do ensino fundamental. Educ. Soc., Campinas, v. 29, n. 105, p. 1139-1166, set./dez. 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302008000400010.

CONTRERAS, J. A autonomia de professores. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

DUARTE NETO, J. H. A epistemologia da prática: implicações para a formação de professores da educação básica. Jundiaí: Paco Editorial, 2013.

FACCI, M. G. D. Valorização ou esvaziamento do trabalho do professor? um estudo crítico-comparativo da teoria do professor reflexivo, do construtivismo e da psicologia vigotskiana. Campinas: Autores Associados, 2004.

FREITAS, H. C. L. A (nova) política de formação de professores: a prioridade postergada. Educação & Sociedade, São Paulo, v. 28, n. 100, p. 1203-1230, 2007.

HOCHULI, E.B. PDE- Programa de desenvolvimento educacional do Paraná. 2011. 46 f. Especialização (Políticas e Gestão da Educação), Universidade Federal do Paraná, Curitiba -PR, 2011.

MIZUKAMI, M. G. N. Aprendizagem da docência: conhecimento específico, contextos e práticas pedagógicas. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M.A.V. (Orgs). A formação do professor que ensina matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p.213-231.

PARANÁ. Lei Complementar 103/2004. Institui e dispõe sobre o Plano de Carreira do Professor da Rede Estadual de Educação Básica do Paraná. Diário Oficial 6687 de 15 de mar. 2004. Endereço eletrônico: http://www.nre.seed.pr.gov.br/umuarama/arquivos/File/Lei_Complementar_103.pdf. Acesso em: 20 jun.2023.

NESI, E. R. PDE: possibilidades e limites da formação teórico-metodológica dos professores de matemática do NRE/FB (2007-2013). 2015. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão -PR, 2015.

NESI, E. R.; BATISTA, M. C. Produtos educacionais elaborados no mestrado profissional em ensino de física: a busca por referenciais norteadores. Revista Valore, Volta Redonda, 3 (Edição Especial): 554-563., 2018

PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. (org.). Professor Reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

ROMANOWSKI, J. P. Apontamentos em pesquisas sobre formação de professores: contribuições para o debate. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 12, n. 37, p. 905-924, 2012.

SARDINHA NETTO, R.; RAMOS DE AZEVEDO, M. A. Concepções e modelos de formação de professores: reflexões e potencialidades. Boletim Técnico do Senac, Curitiba, v. 44, n. 2, p. 1-17, 2018.

SCHÖN, D. The reflective practitioner. New York: Basic Books, 1983.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos: os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, v. 2, p. 77-91, 1992.

SCZIP, R. R. O governo Ratinho e Seed desmontam a carreira docente no Paraná. Curitiba, 2023. Disponível em: https://www.brasildefatopr.com.br/2023/03/15/opiniao-o-governo-ratinho-e-seed-desmontam-a-carreira-docente-no-parana.

SILVA, A. J. H. da. Metodologia de Pesquisa: conceitos gerais. Ed. Unicentro, Guarapuava-PR, 2014.

SILVA FILHO, O. L.; FERREIRA, M.; POLITO, A. M. M.; BARCELLOS COELHO, A. L. M. Normatividade e descritividade em referenciais teóricos na área de ensino de Física. Pesquisa e Debate em Educação, Juiz de Fora: UFJF, v. 11, n. 1, p. 1-33, e32564, jan./jun. 2021.

SHIROMA, E. O.; MORAES, M. C. M.; EVANGELISTA, O. Política educacional. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011.

TOZETTO, S. S.; DOMINGUES, T. G. A formação continuada padronizada do professor: uma análise do Projeto da SEED-Paraná. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 18, p. 1-18, 2023.

ZANELLA, A. M. Aspectos políticos e ideológicos na formação continuada de professores da SEED/PR (2011-2014). Revista Panorâmica online, Barra do Garças, v. 26, p. 61 - 84, 2018.

Downloads

Publicado

2023-10-17

Como Citar

CORCI BATISTA, M.; NESI, E. R.; VIEIRA, T. F. Perspectivas sobre a formação continuada de professores de física no Estado do Paraná a partir de sua concepção epistemológica. Revista Internacional de Pesquisa em Didática das Ciências e Matemática, [S. l.], p. e023015, 2023. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/revin/article/view/1308. Acesso em: 14 jun. 2024.