A humanização do ensino de ciências

estado da arte no contexto nacional

Autores

  • Jeane Cristina Gomes Rotta Universidade de Brasília
  • Tiago Silva Nascimento Universidade de Brasília
  • Vinícius Nunes Góis Universidade de Brasília
  • Amanda Ketlen de Oliveira Amor Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Ensino humanizado, Humanização do ensino de Ciências, Educação em Ciências

Resumo

Esse trabalho teve como objetivo realizar um levantamento bibliográfico do tipo estado da arte para conhecer como as pesquisas em ensino de Ciências no Brasil têm discutido as propostas de humanização para a Educação em Ciências. A metodologia foi de cunho qualitativo e utilizou os estudos sobre o Estado da Arte. Os dados foram analisados com base na Análise de Conteúdo e os quatro artigos selecionados foram elencados em duas categorias; enquanto as duas teses e 12 dissertações foram pautadas em três categorias. Foi possível observar que houve poucas investigações sobre como o ensino de Ciências pode ser humanizado e entre elas destacam-se aspectos respectivos as práticas desenvolvidas nas salas de aula, enquanto que a formação de professores de Ciências com viés humanizador foi pouca abordada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeane Cristina Gomes Rotta, Universidade de Brasília

Doutora. Universidade de Brasília. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1776-5398

Tiago Silva Nascimento, Universidade de Brasília

Licenciando. Universidade de Brasília. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2514-2163

Vinícius Nunes Góis, Universidade de Brasília

Licenciando. Universidade de Brasília. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1572-2001

Amanda Ketlen de Oliveira Amor, Universidade de Brasília

Licencianda. Universidade de Brasília. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7159-1539

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

DOMICIANO, T. D. Enfoque CTS no curso de licenciatura em ciências da UFPR Litoral. Dissertação Mestrado da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019.

FREIRE, P. Educação e mudança. 46 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2021.

FREIRE, P. Educação e mudança. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 66 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2020.

GOUW, AM. S.; BIZZO, N. M. V. A percepção dos jovens brasileiros sobre suas aulas de Ciências. Educar em Revista, n. 60, p. 277-292, 2016.

GUIMARÃES, A. S.; CARVALHO, W. R. G. de Desinformação, Negacionismo e Automedicação: a relação da população com as drogas “milagrosas” em meio à pandemia da COVID-19.

InterAmerican Journal of Medicine and Health, v. 3, e202003053, p. 1-4, 2020.

KRUPCZAK, C.; AIRES, J. A.; REIS, P. G. R. Controvérsias sociocientíficas: análise comparativa entre Brasil e Portugal. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, v. 16, n. 37, p. 89-105, 2020.

MATTHEWS, M. R. História, Filosofia e Ensino de Ciências: a tendência atual de reaproximação. Caderno Catarinense de Ensino de Física, v. 12, n. 3, p. 164-214, 1995.

MAURÍCIO, P.; VALENTE, B. Argumentos para a uma humanização do ensino de Ciências. Ciência & Educação, v. 19, n. 4, p. 1013-1026, 2013.

MELO, J. R.; ROTTA, J. C. G. Atividades de extensão e as concepções de cientistas de alunos do sexto ano do ensino fundamental. Extensão & Cidadania, v. 8, n. 13, p. 301-316, 2020.

MORAES, R. C. M. A temática da humanização no ensino da oralidade para a autoestima cidadã. Tese de Doutorado da Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.

MOURA, B. A. O que é natureza da Ciência e qual sua relação com a História e Filosofia da Ciência? Revista Brasileira de História da Ciência, v. 7, n. 1, p. 32-46, 2014.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas Denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Revista Diálogo Educacional, v. 6, n. 19, p. 37-50, 2006.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. 4 ed. Cortez Editora, 2002.

SILVA, S. A. O. A educação dialógica-problematizadora no ensino de ciências como elemento para a valorização da heterogeneidade etária-cultural de educandos da EJA. Dissertação de Mestrado da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

TAHA, M. S. Educação ambiental e educação patrimonial como prática pedagógica interdisciplinar para o ensino de ciências. Dissertação de Mestrado Profissional da Universidade Federal do Pampa, Bagé, 2018.

VOSGERAU, D. S. R.; ROMANOWSKI, J. P. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, v. 14, n. 41, p. 165-189, 2014

XAVIER, F. J. R., LIMA, J. A. A.; ANDRADE, E. L. W. Contribuições de Paulo Freire e Álvaro Vieira Pinto para uma Educação Crítica e Humanizadora. Ideação, v. 23, n. 2, p. 236-256, 2021.

Downloads

Publicado

2022-12-22

Como Citar

ROTTA, J. C. G.; NASCIMENTO, T. S.; GÓIS, V. N.; AMOR, A. K. de O. A humanização do ensino de ciências: estado da arte no contexto nacional. Revista Internacional de Pesquisa em Didática das Ciências e Matemática, [S. l.], v. 3, p. e022009, 2022. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/revin/article/view/810. Acesso em: 2 fev. 2023.