Programa de formação-ação em escolas criativas

da valorização do contexto ao compromisso planetário

Autores

  • Alessandra Garcia Zanol UNIARP
  • Marlene Zwierewicz UNIARP

Palavras-chave:

Basic education. Teacher training. De-colonization. Transdisciplinarity. Eco-formation

Resumo

Este estudo sistematiza resultados de uma pesquisa participante, desenvolvida em um Mestrado Profissional de uma universidade catarinense. Seu objetivo foi elaborar uma proposta de formação continuada, para docentes dos anos finais do Ensino Fundamental, pautada no pensamento complexo, na transdisciplinaridade e na ecoformação e comprometida com o atendimento de demandas globais e de necessidades apresentadas pelos próprios participantes do estudo. Os resultados indicam que a proposta formativa atendeu demandas locais e globais, evidenciando o potencial da formação docente para a metamorfose da prática pedagógica, acentuando-se, ainda, possibilidades para seu redimensionamento como condição fulcral para a decolonização da formação docente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Garcia Zanol, UNIARP

Mestra em Educação Básica pelo Mestrado Profissional em Educação Básica da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP. Docente da Rede Estadual de Ensino do Paraná.

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5102-557X

 

 

Marlene Zwierewicz, UNIARP

Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Doutora em Educação pela Universidade de Jaén (UJA). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Educação Básica (PPGEB)da Universidade AltoVale do Rio do Peixe (UNIARP), Caçador - SC.

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5840-1136

Referências

ALMEIDA, Aline Lima da Rocha. Influência do programa de formação-ação em escolas criativas na transformação das práticas pedagógicas em uma escola do campo. 2018. 140 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Básica) – Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2018.

ANDRÉ, Marli. Reflexões sobre a formação de professores: um diálogo com Marli André. [Entrevista cedida a] Francine de P. Martins. Devir Educação, Lavras, v. 4, n. 1, p. 188-198, jan./jun. 2020. DOI: https://doi.org/10.30905/ded.v4i1.241. Disponível em: http://devireducacao.ded.ufla.br/index.php/DEVIR/article/view/241. Acesso em: 16 mar. 2023.

BEHRENS, Marilda. O paradigma da complexidade na formação e no desenvolvimento profissional de professores universitários. Educação, Porto Alegre, v. XXX, n. 63, p. 439-455 set./dez. 2007. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/2742. Acesso em: 12 jul. 2020.

DAL SOGLIO, Fábio Kessler. Princípios e aplicações da pesquisa participativa em Agroecologia. Redes – Revista de Desenvolvimento Regional, Santa Cruz do Sul, v. 22, n. 2, p. 116-136, maio/ago. 2017. DOI: https://doi.org/10.17058/redes.v22i2.9361. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/redes/article/view/9361. Acesso em: 16 mar. 2023.

EDUCAÇÃO, pensamento complexo e transdisciplinaridade em Edgar Morin. Apresentação por Izabel Petraglia. São Paulo: Instituto Claro, 2020. 1 vídeo (9 min). Publicado pelo canal Will Goya, Filósofo Clínico. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7XvmoFSQdFw. Acesso em: 25 nov. 2020.

ESPINOSA, Iván de Jesús. El giro educativo epistemolóico: descolonizar la investigación educativa. In: MELO, Alessandro de et al. Perspectivas decoloniales sobre la educación. Guarapuava: Unicentro, 2019. p. 61-94.

GATTI, Bernardete Angelina. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, São Paulo, n. 100, p. 33-46, 2014. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i100p33-46. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/76164. Acesso em: 16 mar. 2023.

GATTI, Bernardete Angelina. Formação de professores, complexidade e trabalho docente. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 17, n. 53, p. 721-737, 2017. DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.17.052.AO01. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/viewFile/8429/17739. Acesso em: 16 mar. 2023.

GLATZ, Emanoela Thereza Marques de Mendonça; YAEGASHI, Solange Franci Raimundo; MILANI, Rute Grossi. Saúde mental, qualidade de vida e bem-estar: vicissitudes e percepções de pós-graduandos em Educação. Rev. Int. de Form. de Professores (RIFP), Itapetininga, v. 8, e023002, p. 1-21, 2023. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/index. Acesso em: 12 mar. 2023.

GONZÁLEZ VELASCO, Juan Miguel. Pensamiento religado: ligar para religar. La Paz: Prisa, 2018.

HOFFMANN, Erenita. A pertinência do ensino no uso da metodologia dos Projetos Criativos Ecoformadores (PCE) no Ensino Fundamental. 2019. 84 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Básica) – Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2019.

HORN, Marli. Programa de formação-ação em escolas criativas com práticas pedagógicas transdisciplinares e ecoformadoras na educação básica de União da Vitória/PR. 2021. 128 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Básica) – Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2021.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez, 2009.

LUPPI, Mônica Aparecida Rodrigues; BEHRENS, Marilda Aparecida; SÁ, Ricardo Antunes de. A formação de professores e as contribuições do pensamento complexo. Educação, v. 46, n. 1, p. 1-27, jan./dez. 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/40066. Acesso em: 16 mar. 2023.

MALLART, Joan; MALLART-SOLAZ, Albert. Ecoformação para a escola de hoje. In: ZWIEREWICZ, Marlene; TORRE, Saturnino de la (org.). Escolas criativas: reflexões, estratégias e ações com Projetos Criativos Ecoformadores. Caçador: EdUniarp: Caçador, 2022. p. 86-107.

MARCONI, Marina de A.; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-cheia: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução de Eloá Jacobina. 24. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2018.

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. Tradução de Maria Alice A. de S. Doria e Maria D. Alexandre. 19. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2019.

MORIN, Edgar. Ensinar a viver: manifesto para mudar a educação. Tradução de Edgard de Assis Carvalho e Mariza Perassi Bosco. Porto Alegre: Sulina, 2015a.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. 5. ed. Tradução de Eliane Lisboa. Porto Alegre: Sulina, 2015b.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. 2. ed. rev. São Paulo: Cortez; Brasília: Unesco, 2011.

MOTA NETO, João Colares da. Educação Popular e Pensamento Decolonial Latino-Americano em Paulo Freire e Orlando Fals Borda. 2015. 370 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

NICOLESCU, Basarab. O manifesto da transdisciplinaridade. Tradução de Lucia Pereira de Souza. 3. ed. São Paulo: Triom, 2018.

NÓVOA, António. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, [S. l.], v. 47, n. 166, p. 1106-1133, out./dez. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v47n166/1980-5314-cp-47-166-1106.pdf. Acesso em: 16 mar. 2023.

NÓVOA, António. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

NÓVOA, António. Os professores e a sua formação num tempo de metamorfose da escola. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 44, n. 3, e 84910, p. 1-15, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/edreal/v44n3/2175-6236-edreal-44-03-e84910.pdf. Acesso em: 16 mar. 2023.

OLIVEIRA, Beatriz Alves de. Cenários ecoformadores e campos de experiência: contribuições de um Projeto Criativo Ecoformador para o desenvolvimento integral de bebês e de crianças bem pequenas. 2020. 113 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Básica) – Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2020.

ONU. Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável. Acelerando as transformações para a Agenda 2030 no Brasil. Brasília: ONU, 2015. Disponível em: https://brasil.un.org/sites/default/files/2020-09/agenda2030-pt-br.pdf/. Acesso em: 20 mar. 2020.

PEREIRA, Vanessa; ZWIEREWICZ, Marlene; PRUDENCIO, Gisély (org.). Uma educação comprometida com a vida: experiências de escolas da Rede Municipal de Ensino de Paulo Lopes com Projetos Criativos Ecoformadores. Caçador: EdiUniarp, 2021.

PETRAGLIA, Izabel. Pensamento complexo e educação. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2013.

PNUD et al. COVID-19 e desenvolvimento sustentável: avaliando a crise de olho na recuperação 2021. Brasília: PNUD, UNICEF, UNESCO e OPAS, 2021. Disponível em: https://www.undp.org/pt/brazil/publications/covid-19-e-desenvolvimento-sustent%C3%A1vel-avaliando-crise-de-olho-na-recupera%C3%A7%C3%A3o-2021. Acesso em: 12 jan. 2023.

SÁ, Ricardo Antunes. Contribuições teórico-metodológicas do pensamento complexo para a construção de uma pedagogia complexa. In: SÁ, Ricardo Antunes; BEHRENS, Marilda Aparecida (org.). Teoria da complexidade: contribuições epistemológicas para uma pedagogia complexa. Curitiba: Appris, 2019. p. 17-64.

SANTOS, Akiko. Complexidade e transdisciplinaridade em educação: cinco princípios para resgatar o elo perdido. In: SANTOS, Akiko; SOMMERMAN, Américo. (coord.). Complexidade e transdisciplinaridade: em busca da totalidade perdida. Porto Alegre: Sulina, 2009. p. 15-38.

SANTOS, Cynara Fernanda Aquino dos; CORRÊA, Sérgio Roberto Moraes. Estudos decoloniais: pedagogias outras no contexto rural-ribeirinho amazônico. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 16, n. 36, p. 1051-1071, set./dez. 2022. DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v16i36.1629. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde. Acesso em: 12 mar. 2023.

SILVA, Ana Tereza Reis. Ecoformação: reflexões para uma pedagogia ambiental, a partir de Rousseau, Morin e Pineau. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, v. 18, p. 95-104, jul./dez. 2008. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v18i0.13428. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/made/article/view/13428. Acesso em: 17 dez. 2022.

TORRE, Saturnino de la. O poder da palavra: significado e alcance da linguagem transdisciplinar e ecoformadora. In: TORRE, Saturnino de la; PUJOL, Maria Antonia; MORAES, Maria Cândida (org.). Transdisciplinaridade e ecoformação: um novo olhar sobre a educação. São Paulo: TRIOM, 2008. p. 113-140.

TORRE, Saturnino de la; ZWIEREWICZ, Marlene. Projetos Criativos Ecoformadores. In: ZWIEREWICZ, Marlene; TORRE, Saturnino de la (org.). Uma escola para o século XXI: escolas criativas e resiliência na educação. Florianópolis: Insular, 2009. p. 153-176.

TORRE, Saturnino de la; ZWIEREWICZ, Marlene. Projetos Criativos Ecoformadores – PCE: uma via metodológica para o pensamento complexo, a transdisciplinaridade e a ecoformação na educação. In: ZWIEREWICZ, Marlene; TORRE, Saturnino de la (org.). Escolas criativas: reflexões, estratégias e ações com Projetos Criativos Ecoformadores. Caçador: Edi, 2022. p. 228-247.

XAVIER, Maria Luiza M; ZEN, Maria Isabel Habckost. Planejamento em destaque: análises menos convencionais. Porto Alegre: Mediação, 2000.

ZIELINSKI, Helena Castilho. Indicadores de práticas transdisciplinares de leitura, produção e interpretação textual detectados no Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas. 2019. 68 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Básica) – Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2019.

ZIELINSKI, Helena Castilho; HOFFMANN, Erenita; ZWIEREWICZ, Marlene. Do Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas ao Projeto Criativo Ecoformador ‘Roda de chimarrão: do cultivo à tradição das famílias de Timbó Grande’. In: ZWIEREWICZ, Marlene; SIMÃO, Vera Lúcia; SILVA, Vera Lúcia de Souza e Silva (org.). Ecoformação de professores com polinização de Escolas Criativas. Caçador: EdiUNIARP, 2019. p. 243-251.

ZWIEREWICZ, Marlene. Formação Docente em Projetos Criativos Ecoformadores. Revista Electrónica de Investigación y Docencia – REID, Jaén, n. 6, p. 99-112, jul. 2011. Disponível em: https://revistaselectronicas.ujaen.es/index.php/reid/article/view/1080/911. Acesso em: 20 maio 2018.

ZWIEREWICZ, Marlene. Formação docente transdisciplinar e ecoformadora em pesquisas com intervenção na Educação Básica. 2021. Palestra apresentada no Educere, XV Congresso Nacional de Educação, Curitiba, PUCPR, 2021.

ZWIEREWICZ, Marlene et al. Pedagogia ecossistêmica, transdisciplinaridade e ecoformação na gestão da Educação Básica: uma iniciativa da Secretaria de Educação de Paulo Lopes. In: SEMINÁRIO DA REDE INTERNACIONAL DE ESCOLAS CRIATIVAS – EDUCAÇÃO TRANSDISCIPLINAR: EMERGEM ESCOLASCRIATIVAS E TRANSFORMADORAS, 3, 2017, Palmas. Anais [...]. Palmas: Universidade Federal do Tocantins, 2017. p. 1846-1856.

ZWIEREWICZ, Marlene; SIMÃO, Vera Lúcia; SILVA, Vera Lúcia de Souza e Silva (org.). Ecoformação de professores com polinização de Escolas Criativas. Caçador: EdiUNIARP, 2019.

Downloads

Publicado

2023-06-06

Como Citar

ZANOL, A. G.; ZWIEREWICZ, M. Programa de formação-ação em escolas criativas: da valorização do contexto ao compromisso planetário. Revista Internacional de Formação de Professores, Itapetininga, v. 8, p. e023004, 2023. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/907. Acesso em: 25 jul. 2024.