Educação em Moçambique

tendências de formação de professores de ciências naturais e matemática

Autores

  • Damasco Rocha Mateus Chalenga Universidade Ruvoma
  • Emília Maria José Guiraguira Academia Militar Marechal Samora Machel
  • Vital de Melo Lopes Napapacha Universidade Rovuma
  • Claudio Pinto Nunes Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Palavras-chave:

Ciências naturais e matemática. Educação em Moçambique. Formação de professores.

Resumo

O objectivo deste texto é reflectir sobre a educação em Moçambique e o processo de formação de professores de ciências naturais e matemática. Trata-se de uma revisão de literatura e de documentos oficiais. Constatou-se que a educação em Moçambique passou por reformas desde a época colonial, para responder às dinâmicas contextuais. A formação de professores foi caracterizada pela coexistência de modelos que pudessem responder aos desafios que o sistema de educação enfrentava. Apesar de Moçambique ter passado por vários modelos de formação, com o aumento do número de professores, observa-se um baixo nível de conhecimento que vem sendo debatido desde a era colonial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Damasco Rocha Mateus Chalenga, Universidade Ruvoma

Doutorando em Educação em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Pedagógica de Maputo, Moçambique. Mestre em Energia e Meio Ambiente. Professor da Universidade Rovuma, em Niassa, Moçambique. Coordenador do Sector de Pesquisa e Publicação na UniRovuma. Atualmente realiza Estágio Científico Avançado na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5708-9187

Emília Maria José Guiraguira, Academia Militar Marechal Samora Machel

Doutoranda em Educação em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Pedagógica de Maputo, Moçambique. Mestre em Educação/Ensino de Matemática. Professora da Academia Militar Marechal Samora Machel, Nampula, Moçambique. Atualmente realiza Estágio Científico Avançado na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. ORCID:  https://orcid.org/0009-0001-7404-4220

Vital de Melo Lopes Napapacha, Universidade Rovuma

Doutorando em Educação em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Pedagógica de Maputo, Moçambique. Mestre em Educação/Ensino de Informática. Professor da Universidade Rovuma, em Niassa, Moçambique. Atualmente realiza Estágio Científico Avançado na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1168-229X

Claudio Pinto Nunes, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Pós-Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerai. Doutor em Educação. Professor Titular Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UESB. Professor Visitante na Universidade Federal de Sergipe e da Universidade Rovuma, em Moçambique. Líder do Grupo de Pesquisa em Didática, Formação e Trabalho Docente (Difort/CNPq). Bolsista em Produtividade em Pesquisa do CNPq. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1514-6961

Referências

AGIBO, Júlio Miguel. Formação de professores para o ensino básico em Moçambique: análise do modelo de formação 10ͣ + 1 ano. Caso dos Institutos de Formação de Professores da Província de Nampula (2007-2016). Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual Paulista. Marília, 2017.

ÁRABE, Domingos; UAME, Francisco.; TEIMOSO, Agostinho Rosário; JOÃO, António dos Santos; GOMUNDANHE, Almeida Meque. Análise da evolução do sistema educativo em Moçambique: reformas, características, constrangimentos e desafios. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 3, p. e14265, 2024. DOI: 10.22481/redupa.v3.14265.

BAVO, Názia Anita Cardoso Nhongo; COELHO, Orquídea. A educação de populações indígenas em Moçambique: do Período Colonial ao início da Era Pós-Independência. Revista Brasileira de História da Educação, [s. l.], v. 22, p. 1–28, 2022. DOI: http://dx.doi.org/10.4025/rbhe.v22.2022.e219

BECA, Sandra Aurora Armindo. Os fundamentos de mudança de modelos de formação de professores do ensino básico em Moçambique. Njinga & Sepé: Revista Internacional de Culturas, Línguas Africanas e Brasileiras. São Francisco do Conde (BA), v. 3, n. 2, p. 286-301, jul./dez, 2023.

BONDE, Rui Amadeu. Políticas públicas de educação e qualidade de ensino em Moçambique. Revista Brasileira de Ergonomia, [s. l.], v. 9, n. 2, p. 10, 2016. Disponível em: http://www.abergo.org.br/revista/index.php/ae/article/view/106.

CAMPOS, Claudinei José Gomes. Método de Análise de Conteúdo: Ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Rev Bras Enferm, Brasília (DF) 2004 set/out;57(5):611-4. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/wBbjs9fZBDrM3c3x4bDd3rc/?format=pdf

FAGILDE, Sarifa Abdul Magide. Professor: a luz para um novo paradigma na Educação Matemática (Moçambique). Revista Educação e Humanidades, v V, n. 1. 2024. p. 81-101. Disponível em: https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/reh/article/view/14144/9037

GASPERINI, Lavinia. Moçambique : educação e desenvolvimento rural. [s. l.], Edizioni Lavoro/Iscos, p. 1–10, 1989. Disponível em: https://www.iese.ac.mz/lib/PPI/IESE-PPI/pastas/governacao/educacao/ artigos _cientificos_imprensa/ah66.pdf.

INDE. Plano Curricular do Curso de Formação de Professores do Ensino Primário e Educadores de Adultos. 1ª Edição, 2019.

MINEDH. Plano Estratégico de edudação 2020-2029. MINEDH. Maputo, Maio de 2020.

MINEDH. Relatório do Estudo Holístico da Situação do Professor em Moçambique. Edição: MINEDH. Maputo, 2017.

MAZULA, Brazao. Educacao, cultura e ideologia em mocambique: 1975-1985 (em busca de fundamentos filosofico-antropologicos). 1993. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

MOCAMBIQUE. Lei 6/92 de 6 de Maio. Boletim da Republica: Sistema Nacional da Educação. [s. l.], v. I SÉRIE, n. Decreto Lei 28/95 de 17 de Julho, p. Número 28, 1992.

MOÇAMBIQUE. Lei nº 4/83 de 23 de março de 1983. Aprova a Lei do Sistema Nacional de Educação e define os princípios fundamentais na sua aplicação. Publicada no Boletim da República, II SÉRIE- Número 12.1983a.

MOÇAMBIQUE. Lei no 18/2018 de 28 de dezembro. Estabelece o regime jurídico do Sistema Nacional de Educação na República de Moçambique, 2018b.

MUGIME, Santa Miguel Júlio; MAPEZUANE, Mahalambe Feliciano; COSSA, José; LEITE, Carlinda. Estudos sobre formação inicial de professores em Moçambique e sua relação com as políticas de formação de professores (2012-2017). Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 27 (149), 2019. https://doi.org/10.14507/epaa.27.4250.

NIVAGARA, Daniel Daniel. A contribuição da prática na formação inicial de professores: uma análise a partir da formação de professores primários em Moçambique. Revista Educação e Humanidades, v. I, n. 1. 2020, p. 371-420.

NIQUICE, Adriano Fanicela. Formação de professores primários: construção do currículo. Maputo: Texto Editores, 2005.

QUIMUENHE, Ancha. História da educação moçambicana no seculo XX: lei 4/83 e 6/92 do sistema nacional de educação. Revista Científica de Educação, [S. l.], v. 3, p. e019011, 2018. Disponível em: https://seer.facmais.edu.br/rc/index.php/RCE/article/view/31.

SAÚTE, Alda Romão. Escola de Halilitação de Professores Indígenas Losé Cabral, Manhiça-Alvor: subsídios para o estudo da formação da elite instruida em Moçambique (1926-1974). Maputo, PROMÉDIA, 2004.

Downloads

Publicado

2024-06-14

Como Citar

CHALENGA, D. R. M.; GUIRAGUIRA, E. M. J.; NAPAPACHA, V. de M. L.; NUNES, C. P. Educação em Moçambique: tendências de formação de professores de ciências naturais e matemática. Revista Internacional de Formação de Professores, Itapetininga, p. e024009, 2024. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/1694. Acesso em: 25 jul. 2024.