Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais

Autores

  • Raquel Mignoni de Oliveira Universidade de Caxias do Sul
  • Ygor Corrêa Universidade de Caxias do sul
  • Andréia Morés Universidade de Caxias do sul

Palavras-chave:

Ensino Remoto Emergencial., Covid-19., Formação docente., Tecnologias Digitais Interativas.

Resumo

Este estudo discute a continuidade das aulas durante a pandemia de Covid-19 e a instrumentalização sobre tecnologias digitais via curso de formação docente, promovido por uma rede privada de ensino, voltado ao Ensino Remoto Emergencial (ERE). Esta pesquisa qualitativa está ancorada na área da Educação e Tecnologias Digitais Interativas. As reflexões apontam para a relevância de formação docente no cenário de ERE. O estudo revelou a necessidade de ofertar espaços digitais para a interação entre docentes e um repositório digital para o compartilhamento de conteúdos de aulas entres docentes, o que representaria a diminuição da sobrecarga de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Mignoni de Oliveira, Universidade de Caxias do Sul

Mestre em Educação (UCS). Universidade de Caxias do Sul (UCS). https://orcid.org/0000-0001-8831-6277.

Ygor Corrêa, Universidade de Caxias do sul

Doutor em Informática na Educação (UFRGS). Universidade de Caxias do Sul (UCS).

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-3526-9195

Andréia Morés, Universidade de Caxias do sul

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora na Área do Conhecimento de Humanidades e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade de Caxias do Sul. Pesquisadora e vice-líder no Observatório de Educação da UCS e membro do Grupo de Pesquisa Inovação e Avaliação na Universidade (InovAval/UFRGS). Desenvolve pesquisas sobre Contextos Educativos, Inovação e Tecnologias, com ênfase na Educação.

ORCID:  https://orcid.org/0000-0002-6982-0803

Referências

Brasil (2020a). Portaria nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Disponível em: http://abre.ai/bgvB. Acesso em: mai. 2020.

Brasil (2020b). Portaria Nº 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC no 343, de 17 de março de 2020, no 345, de 19 de março de 2020, e no 473, de 12 de maio de 2020. Disponível em: https://cutt.ly/9inmB8v. Acesso em jun. 2020.

Brasil (2020c). Medida Provisória nº 934, de 1o de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Disponível em: http://abre.ai/bgvH. Acesso em: mai. 2020.

CASTAMAN, A. S.; RODRIGUES, R. A. Educação a Distância na crise COVID - 19: um relato de experiência. Research, Society and Development, v. 9, n. 6, e180963699, 2020.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CHRISTENSEN, C. M; HORN, M. B; STAKER, H. Ensino Híbrido: uma Inovação Disruptiva? Uma introdução à teoria dos híbridos. Tradução: Fundação Lemann e Instituto Península. 2013. Disponível em: http://abre.ai/bgvJ. Acesso em: jun. 2020.

FORTUNATO, I.. O relato de experiência como método de pesquisa educacional. In: Ivan Fortunato; Alexandre Shigunov Neto. (Org.). Método(s) de Pesquisa em Educação. São Paulo: Edições Hipótese, 2018, v. 1, p. 37-50.

FREIRE, P. Papel da Educação na Humanização. Revista Paz e Terra, São Paulo, n. 9, p. 123-132, out. 1969.

GARCIA, M. F. et al. Novas competências docentes frente às tecnologias digitais interativas. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 79-87, jan./abr. 2011.

HORN, M. B.; STAKER, H. Blended: usando a inovação disruptiva para aprimorar a educação. tradução: Maria Cristina Gularte Monteiro; revisão técnica: Adolfo Tanzi Neto, Lilian Bacich. Porto Alegre: Penso, 2015.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MOREIRA, J. A.; SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista UFG, v. 20, 2020.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. 1992. Disponível em: http://abre.ai/bgvL. Acesso em: jun. 2020.

NÓVOA. A. Formação de professores em tempo de pandemia. Youtube. Jun. 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ef3YQcbERiM. Acesso em: jun. 2020.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LUCIO, M. B. Metodologia de pesquisa. 5. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

SANTOS, B. S. A Cruel Pedagogia do Vírus. Coimbra: Almedina, 2020.

SENHORAS, E. M. A pandemia do novo coronavírus no contexto da cultura pop zumbi. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 2, n. 5, 2020.

TREVISANI, F. M.; CORRÊA, Y. Ensino Híbrido e o desenvolvimento de competências gerais da Base Nacional Comum Curricular. Revista Prâksis | Novo Hamburgo | a. 17 | n. 2 | mai./ago. 2020

UNESCO – United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization. COVID-19 Educational Disruption and Response. UNESCO Website [22/05/2020]. Disponível em: http://abre.ai/bgvO. Acesso em: mai. de 2020.

VILLAS BÔAS, L.; UNBEHAUM, S. (Coor.). Educação escolar em tempos de pandemia. Informe 1. Fundação Carlos Chagas. 2020. Disponível em: http://abre.ai/bgvP. Acesso em: jun. 2020.

WILLIAMSON, B.; EYNON, R.; POTTER, J. Pandemic politics, pedagogies and practices: digital technologies and distance education during the coronavirus emergency. Learning, Media and Technology. Vol. 45, n. 2, p. 107–114, 2020.

Downloads

Publicado

2020-09-14

Como Citar

Mignoni de Oliveira, R., Corrêa, Y., & Morés, A. . (2020). Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Revista Internacional De Formação De Professores, 5, e020028. Recuperado de https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/179