Formação de professores, ensino primário e qualidade educativa em Angola:

vazios e pontes na relação

Autores

  • António Luís Julião Universidade Katyavala Bwila

Palavras-chave:

Formação de professores. Ensino primário. Qualidade de ensino

Resumo

O presente texto apresenta reflexões sobre as pontes e vazios na relação entre os processos de formação de professores e o desenvolvimento do currículo do ensino primário em Angola. A partir de uma óptica dialéctico-reflexiva e crítica discutimos a necessidade da formação de professores compaginável ao contexto educacional hodierno. Este estudo veio, assim, questionar as relações problemáticas e complexas entre o design curricular de formação de professores e o desenvolvimento do currículo do ensino primário em Angola, exigindo uma perspectiva de formação globalizante e contextualizante, com recurso às novas tecnologias, capaz de garantir a qualidade educativa em Angola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

António Luís Julião, Universidade Katyavala Bwila

Especilização em Desenvolvimento Curricular e Inovação Educativa. Universidade Katyavala Bwila

Referências

ANGOLA. Decreto-Lei n.º 17/16, de 7 de Outubro – publicado no Boletim Oficial da República. I Série – n.º 170 – Cria os principios e as bases gerais do Sistema de Educação e Ensino, 2016.

ANGOLA. Decreto presidencial Nº 160/18, de 3 de Julho de 2018. Aprova o estatuto dos agentes de educação. Boletim Oficial de Angola, 4 jul, 2018.

ANGOLA (2018). Decreto-Lei n.º 205/18, de 3 de Setembro – publicado no Boletim Oficial da República. I Série – n.º 135 – Cria o Programa Nacional de Formação e Gestão do Pessoal Docente.

ANTUNES, C. A avaliação da aprendizagem escolar: fascículo 11. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

CARDOSO, E. M. S. Programa De Metodologia Do Ensino Da Pedagogia Com Base Nas Competências Profissionais. Trabalho de Dissertação de Mestrado. Universidade Agostinho Neto. Instituto Superior de Ciências da Educação do Lubango: Lubango, 2016.

CHIMUCO, S. M. A Formação inicial de professores em Angola no contexto da reforma educativa: desafios e necessidades - Institutos Médios Normais de Benguela (Tese de Doutoramento). Universidade do Minho, Braga, 2014.

INSTITUTO NACIONAL de Investigação e Desenvolvimento da Educação (INIDE). Currículo do Ensino Geral. Angola: Luanda. 3ª Edição. Editora Moderna, S.A, 2013.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Caracterização Global do Contexto Angolano e Respectivo Sistema Educativo. Reforma Curricular/INIDE. Luanda: Ministério da Educação, 2003.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Plano Mestre de Formação de professores Angola: Luanda, 2008.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. In A. Nóvoa (coord). Os professores e sua formação. Lisboa: publicações Dom Quixote/IIE, 1992.

PACHECO, J. A. e Flores, A. F. Formação e Avaliação de Professores. Porto: Porto Editora, 1999.

ZASSALA, C. A Orientação escolar e profissional em Angola. 2ª ed. Luanda: Mayamba Editora, 2012.

Downloads

Publicado

2020-04-06

Como Citar

Luís Julião, A. (2020). Formação de professores, ensino primário e qualidade educativa em Angola:: vazios e pontes na relação. Revista Internacional De Formação De Professores, 5, e020002. Recuperado de https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/24