Estudantes com síndrome de Down

(in) formação como estratégia de inclusão

Autores

  • Solane Cristina Felicetti Santin Universidade La Salle
  • Hildegard Susana Jung Universidade La Salle - Unilasalle

Palavras-chave:

Aprendizagem, Inclusão, Síndrome de Down, Formação continuada docente

Resumo

O estudo bibliográfico, de abordagem qualitativa, tem como objetivo discutir a formação docente e a constante busca de informações como estratégia de inclusão de alunos diagnosticados com Síndrome de Down. Os resultados apontam que: a) A informação é preciosa estratégia para que toda a comunidade escolar acolha os estudantes com deficiência; b) A formação continuada dos professores é imprescindível para que a inclusão ocorra de modo eficiente; c) Para seu desenvolvimento pleno, as crianças com deficiência precisam interagir com o meio ambiente e o meio social e, para que isso ocorra, é necessário colocar o aluno no centro do processo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Solane Cristina Felicetti Santin , Universidade La Salle

Mestranda em Educação pela Universidade La Salle, Canoas, RS. Possui graduação em Química pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná(2003), especialização em Metodologias Inovadoras Aplicadas a Educação pela Faculdade Internacional de Curitiba(2006) e especialização em Neuropedagogia na Educação pela Faculdades do Centro do Paraná(2013). Atualmente é Professora da Secretaria de Educação do Estado do Paraná e Professora da Secretaria Municipal de Educação de Toledo. Tem experiência na área de Química, com ênfase em química geral.

Hildegard Susana Jung, Universidade La Salle - Unilasalle

Doutora em Educação. Docente e coordenadora do Curso de Pedagogia da Universidade La Salle. Pesquisadora e docente permanente do PPG Educação da Unilasalle

Referências

AMIRALIAN, M. LT et al. Conceituando deficiência. Revista de Saúde Pública, v. 34, p. 97-103, 2000.

ANDRADE, S. G. Ação docente de formação continuada e inclusão Tese Doutorado Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Disponível em http://hdl.handle.net/10183/6518 Acesso em 15 jan. 2021.

BRASIL. Lei n.13.146. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). 2015. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm Acesso em 16 jan. 2021.

BRASIL. Presidência da República. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao.htm. Acesso em 18 jan. 2021.

BRASIL. Lei Nº 9.394. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. 1996. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm Acesso em 18 jan.2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular, BNCC. Secretaria da Educação Básica. Ministério da Educação. Brasília, DF. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em 18 jan.2021.

CUNNINGHAM, C. Síndrome de Down: uma introdução para pais e cuidadores. Trad. Ronaldo Cataldo Costa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

FAUSTO, M. O desafio da inclusão escolar. Revista Projetos Escolares – Ensino Fundamental, ano 8 – n.62, p.29-31, 2013.

FIGUEIREDO, R. V.; GOMES, A. L. L. A produção textual de alunos com deficiência mental. Inclusão: Revista de Educação Especial, Brasília (DF), ano 2, n. 3, p. 26-30, dez. 2006.

FONSECA, V. Educação Especial: Programa de Estimulação Precoce – Uma Introdução às ideias de Feuerstein. 2. Ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

LEITE, A. R. A educação especial no Brasil e os aspectos pedagógicos. Revista NetSaber. Disponível em: https://bit.ly/39K2yMB. Acesso em 15 jan 2021.

LUIZ, F. M. R. A inclusão da criança com síndrome de down na rede regular de ensino: desafios e possibilidades. Revista brasileira de educação especial. Marília, vol.14, n.3 Set./Dez. 2008. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-65382008000300011 Acesso em 15 jan. 2021

MARTINS, L. A. R; MELLO, F. R. L. V. Acolhendo e atuando com alunos que apresentam paralisia cerebral na classe regular: a organização da escola. Revista Brasileira de Educação Especial. Marília, v.13, n.1, p.111-130, 2007.

MAZZOTTA, M.J. da S. Educação Especial no Brasil: história e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1996.

MUSTACCHI, Z. Síndrome de Down. In: MUSTACCHI, Z.; PERES, S. Genética Baseada em Evidências – Síndromes e Heranças. São Paulo: CID Editora, 2000.

PUESCHEL, S. M. Síndrome de Down: guia para pais e educadores. Tradução Lucia Helena Reily. 12. ed. Campinas, SP: Papirus, 2007.

SCHWARTZAN, J. S. Síndrome de Down. São Paulo: Mackenzie, 1999.

SILVA, A. P. M. O papel do professor diante da inclusão escolar. Revista Eletrônica Saberes da Educação, Vol. 5, nº 1, 2014.

WISE, L.; GLASS, C. Trabalhando com Hannah: uma criança especial em escola comum. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VOIVODIC, M. A. M. A. Inclusão escolar de crianças com Síndrome de Down. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

VYGOTSKY, Lev S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

SANTIN , S. C. F.; JUNG, H. S. Estudantes com síndrome de Down: (in) formação como estratégia de inclusão. Revista Internacional de Formação de Professores, Itapetininga, v. 6, p. e021005, 2021. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/328. Acesso em: 18 jul. 2024.