Feedback formativo em ambientes de aprendizagem virtual em ensino de história

Autores

  • Jefferson Bruno Pereira Ribeiro Universidade de Brasília
  • Jonathan Rosa Moreira Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Educación a distancia. Licenciatura en historia. Evaluación. Feedback.

Resumo

Este estudo teve como objetivo apresentar a relação entre feedback formativo com prática avaliativa criteriosa, procedimental e reflexiva e desempenho acadêmico em diferentes componentes curriculares. Para isso, utilizou-se uma abordagem metodológica qualitativa, de caráter descritivo, com análise das respostas atribuídas para toda a avaliação. recursos de três componentes curriculares da turma do terceiro semestre, considerando todos os alunos da turma. Como resultado, foi possível perceber que o desempenho acadêmico dos alunos foi significativamente maior quando seus professores atribuíram feedbacks formativos e intencionais ao conteúdo, sem desconsiderar a importância das narrativas motivacionais. Por outro lado, a prática de refacção também se destacou pela evolução acadêmica dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson Bruno Pereira Ribeiro, Universidade de Brasília

Doutor em Ciências Médicas. Universidade de Brasília

Jonathan Rosa Moreira, Universidade de Brasília

Doutor em Ciência da Informação. Universidade de Brasília

Referências

BACHIC, L., TANZI NETO, A., TREVISANI, F. M.Ensino Hibrido: personalização e Tecnologia na Educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

BEHRENS, M. A. A prática pedagógica e o desafio do paradigma emergente. Revista Brasileira de Estudos de Pedagogia, Brasília, v.80, n.196, 383-403, 1999.

CAMPOS, N. Ensino adaptativo: O big data na educação. 2017.

CASTRO, E. A.; RIBEIRO, V. C.; SOARES, R.; DE SOUSA, L. K. S.; PEQUENO, J. O. M.; MOREIRA, J. R. Ensino híbrido: desafio da contemporaneidade?Projeção e Docência, v.6, n.2, 47-58, 2015.

FRANCO, M. A. S. Práticas pedagógicas de ensinar-aprender: por entre resistências e resignações. Educ. Pesqui., São Paulo, v.41, n.3, 601-614, 2015.

FREIRE, P.Pedagogia do oprimido. 50.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

LIMA, G. C. B. Adaptha: ambiente para autoria e ensino adaptativo.2007.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. Editora Cortez, São Paulo.

MACHADO, V. R. (Des)vantagens de atividades mecânicas e de trabalhos em grupo anódinos. In: Stella Maris Bortoni-Ricardo; Veruska Ribeiro Machado. (Org.). Os doze trabalhos de Hércules. 1ªed.São Paulo: Parábola, 97-124, 2013.

MORAES, M. C. O paradigma educacional emergente. Papirus, 1999

OXMAN, S.; Wong, W. White Paper: Adaptive Learning Systems. Sistemas adaptativos de aprendizagem, 2014

RIBEIRO, J. B. P.;MOREIRA, J. R. Fatores sociais e acadêmicos na evasão escolar do curso técnico em segurança do trabalho do polo Itapoã do Instituto Federal de Brasília. Revista Eixo, v.6, n.3, 40-47, 2017.

Publicado

2020-04-06

Como Citar

Pereira Ribeiro, J. B., & Rosa Moreira, J. (2020). Feedback formativo em ambientes de aprendizagem virtual em ensino de história. Revista Internacional De Formação De Professores, 5, e020001. Recuperado de https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/23