A prática avaliativa e as concepções de educação

Autores

  • Miryan Cruz Debiasi Unibave
  • Alice Baggio Weber
  • Ademir Damazio Unesc

Palavras-chave:

Prática Avaliativa. Concepção de Educação. Prática Pedagógica. Formação de Professores.

Resumo

Compreende-se, que a prática avaliativa é um ato intencional, articulada a uma concepção de educação e atuam em unidade uma concepção de: educação, prática pedagógica e de avaliação. O objetivo foi analisar as práticas avaliativas realizadas por professores da Educação Básica em articulação com a concepção de educação adotada em suas práticas pedagógicas. A análise decorreu de um questionário estruturado aplicado aos professores. O estudo evidencia incoerências entre a base teórica e a prática avaliativa. Tal constatação revela a existência de uma fragilidade no entendimento da base teórica↔prática avaliativa, por decorrência, é possível perceber algumas contradições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miryan Cruz Debiasi, Unibave

Mestra em Educação. Unibave.

Alice Baggio Weber

Graduada em Pedagogia. Professora de Educação Básica. 

Ademir Damazio, Unesc

Doutor em Educação. Unesc.

Referências

CHUEIRI, M. S. F. Concepções sobre a avaliação escolar. Estudos em Avaliação Educacional, [S.l.], v. 19, n. 39, p. 49-64, jan./abr. 2008. Disponível em: <http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/eae/arquivos/1418/1418.pdf>. Acesso em: 02 mar. 2018.

COMENIUS. Didática Magna. São Paulo: WMF, 2011.

DEMO, P. Avaliação qualitativa. 10 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2010.

DEMO, P. Teoria e prática da avaliação qualitativa. Perspectivas, Campos dos Goytacazes, v. 4, n. 7, p. 106-115, jan./jul. 2005. Disponível em: < file:///D:/Dados%2024-04-12/Dados%20C/Usuario/Downloads/241-667-1-PB.pdf>. Acesso em: 21 fev. 2018.

ESTEBAN, M. T.. O que sabe quem erra? Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar. 2 ed. Petrópolis: De Petrus et al, 2013a.

ESTEBAN, M. T. (Org.). Ser professora: avaliar e ser avaliada. In: Escola, currículo e avaliação. 4ed. São Paulo: Cortez, 2013b. p. 13-37.

FRANCO, M. L. P. B. Pressupostos epistemológicos da avaliação educacional. In: SOUSA, Clarilza Prado de (Org.). Avaliação do rendimento escolar. 14 ed. Campinas: Papirus, 2007. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico). p. 13-26.

GADOTTI, M. Prefácio. In: DEMO, Pedro. Avaliação qualitativa. 10 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2010.

HOFFMANN, J. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. 33 ed. Porto Alegre: Mediação, 2014.

LIBÂNEO, J. C. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. 15 ed. Santo André, SP: Loyola, 1998.

LIBÂNEO, J. C.. Didática. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2013.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem na escola: reelaborando conceitos e recriando a prática. 2 ed. Salvador: Malabares Comunicação e Eventos, 2005.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

MESQUITA, M. de F. M.; COELHO, M. H. M. Breve trajetória histórico-pedagógica do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem. Dialogia, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 163-175, 2008.

MIZUKAMI, M. da G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: E.P.U., 2014.

SAUL, Ana Maria. Avaliação emancipatória: desafio à teoria e à prática de avaliação e reformulação de currículo. 8 ed. São Paulo: Cortez, 2010.

PIMENTA, S. G. (Org.). Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: Saberes pedagógicos e atividade docente. 8 ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 15-38.

SAVIANI, D. Escola e democracia. 42 ed. Campinas: Autores Associados, 2012a.

SAVIANI, D. A pedagogia no Brasil: história e teoria. 2 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2012b.

SILVA, L. A. O método pedagógico dos jesuítas: o Ratio Studiorum. [S.l.: s.n., s.d.]. Disponível em: <http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/fontes_escritas/1_Jesuitico/ratio%20studiorum.htm>. Acesso em: 22 jan. 2018.

SOUSA, S. Z. L. Revisando a teoria da avaliação da aprendizagem. In: SOUSA, C. P. (Org.). Avaliação do rendimento escolar. 14 ed. Campinas: Papirus, 2007. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico). p. 27-49.

TYLER, R. W. Princípios básicos de currículo e ensino. 10 ed. Rio de Janeiro: Editora Globo, 1949.

Downloads

Publicado

2018-06-18

Como Citar

CRUZ DEBIASI, M.; BAGGIO WEBER, A.; DAMAZIO, A. A prática avaliativa e as concepções de educação. Revista Internacional de Formação de Professores, Itapetininga, v. 3, n. 3, p. 94–113, 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/387. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê