Alunos com deficiência intelectual

reflexões a respeito das representações sociais de professores

Autores

  • Sharmilla Tassiana de Souza
  • Solange Franci Raimundo Yaegashi da Universidade Estadual de Maringá

Palavras-chave:

Deficiência Intelectual. Representações Sociais. Professores. Alunos. Inclusão.

Resumo

O presente estudo teve por objetivo identificar as representações sociais dos professores a respeito dos alunos com deficiência intelectual. Assim, empreendemos uma revisão de literatura em artigos e dissertações publicados entre os anos de 2013 a 2017. Como referencial teórico-metodológico, respaldamo-nos na Teoria das Representações Sociais de Moscovici. Verificamos que majoritariamente os professores representam os alunos com deficiência intelectual como especiais e com dificuldades de aprendizagem, já a parcela minoritária concorda que seus alunos têm potencialidades que devem ser desenvolvidas. Concluímos que é fundamental que haja reflexões, discussões e transformações nas concepções e práticas pedagógicas dos docentes no processo educativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sharmilla Tassiana de Souza

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá. Especialista em Educação Especial e Inclusiva pela Faculdade Unina. https://orcid.org/0000-0002-9832-4745

Solange Franci Raimundo Yaegashi, da Universidade Estadual de Maringá

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente do Departamento de Teoria e Prática da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). http://orcid.org/0000-0002-7666-7253

Referências

ABRIC, Jean Claude. A abordagem estrutural das representações sociais. In: MOREIRA, Antonia Silva Paredes; OLIVEIRA, Denize Cristina de.(Org.). Estudos interdisciplinares de representação social. 2. ed. Goiânia: AB, 2000. p. 27-37.

ALBUQUERQUE, Ednea Rodrigues de. Sobre a Teoria das Representações Sociais. In: ALBUQUERQUE, Ednea Rodrigues de. Inclusão de alunos com deficiência nas representações sociais de suas professoras. 2007. 182f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007. p. 57-71.

ALMEIDA, Sabrina Araújo de; MENDES, Cristianne Beda de Queiro; CAMPOS, Pedro Humberto Faria. Práticas educativas e as representações sociais elaboradas por professores sobre alunos com déficit intelectual, dificuldades de aprendizagem e o transtorno do espectro autista. Revista Educação e Cultura Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 14, n. 35, p.138-168, 2017.

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Representações Sociais: Aspectos Teóricos e Aplicações à Educação. Revista múltiplas leituras, São Paulo, v.1, n.1, p.18-43, jan./jun. 2008.

ASSOCIAÇÃO DE PSIQUIATRIA AMERICANA (APA). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (DSM-V). 4. ed. rev. Porto Alegre: Artmed, 2014.

AZEVEDO, Kátia Rosa. A escolarização do estudante com deficiência intelectual nas representações sociais de professores de ensino médio. 2013.169f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília (UnB), Brasília, 2013.

BARBOSA, Kátia Aparecida Marangon. Representações sociais de professores dos anos finais do ensino fundamental sobre a aprendizagem de estudantes com deficiência em escolas inclusivas. 2014. 159f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília (UnB), Brasília, 2014.

COSTA, Wilse Arena da; ALMEIDA, Angela Maria de Oliveira. Teoria das representações sociais: uma abordagem alternativa para se compreender o comportamento cotidiano dos indivíduos e dos grupos sociais. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 8. n. 13. jan./jun. 1999.

CRUSOÉ, Nilma Margarida de Castro. A teoria das representações sociais em Moscovici e sua importância para a pesquisa em educação. Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação, Vitória da Conquista, Ano II, n. 2, p.105- 114, 2004.

CUNHA, Antônio Eugenio. Representações sociais de professores acerca da inclusão escolar: elementos para uma discussão das práticas de ensino. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, XII., 2015, Curitiba. Anais... Curitiba, 2015. p. 14402- 14417. Disponível em: <https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/22342_11492.pdf>. Acesso em: 30 jul. 2019.

DURAN, Marília Clarete Geraes. Representações sociais: uma instigante leitura com Moscovici, Jodelet, Marková e Jovchelovitch. Educação & Linguagem, v. 15, n.25, p.228-243, 2012. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/article/view/3354Acesso em: 30 jul. 2019.

GONÇALVES, Ângela; MACHADO, Andréa Carla. A importância das causas na deficiência intelectual para entendimento das dificuldades escolares. In: GONÇALVES, Ângela; MACHADO, Andréa Carla. Deficiência intelectual: realidade e ação. Secretaria da Educação. Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado – CAPE. São Paulo: SE, 2012. p. 65-83.

GUARESCHI, Pedrinho Arcides; JOVCHELOVITCH, Sandra. Textos em representações sociais. In: GUARESCHI, Pedrinho Arcides. Prefácio. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2007. p. 7-25.

JODELET, Denise. Os processos psicossociais da exclusão. In: SAWAIA, Bader. (Org.). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 2ª ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2001. p. 53-66.

JOVCHELOVITCH, Sandra. Os contextos do saber: representações, comunidade e cultura. Trad. Pedrinho Guareschi. 2. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes. 2011.

MENDES, Cristianne Beda de Queiroz. Práticas Inclusivas e Representações Sociais do Aluno com Deficiência Intelectual (D.I). 2016. 146f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia, PUC Goiás, Goiânia, 2016.

MORI, Nerli Nonato Ribeiro; JACOBSEN, Cristina Cerezuela. Fundamentos da Educação Especial. In: SHIMAZAKI, Elsa Midori; MORI, Nerli Nonato Ribeiro. Atendimento educacional especializado no contexto da educação básica. Maringá: Eduem, 2012. p. 31-40.

MOSCOVICI, Serge. Representações sociais: investigações em psicologia social. 11. ed. Trad. Pedrinho Arcides Guareschi. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

PAGANOTTI, Emille Gomes. Representações sociais de professores do ensino fundamental I em exercício: os sentidos no contexto da (s) diferença (s). 2017. 103f. Dissertação (Mestrado em Educação), Instituto de Biociências do Câmpus de Rio Claro - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2017.

PESSOTTI, Isaías. Deficiência Mental: da superstição à ciência. São Paulo: EDUSP, 1984.

RIBEIRO, Marinalva Lopes; JUTRAS, France. Representações sociais de professores sobre afetividade. Estudos de psicologia, Campinas, v.23, n.1, p.39-45, 2006.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Vida independente: história, movimento, liderança, conceito, filosofia e fundamentos; reabilitação, emprego e terminologia. São Paulo: RNR, 2003.

SOARES, Larissa de Souza et al. Um olhar sobre as representações sociais dos professores do Ensino Fundamental I com relação às dificuldades de aprendizagem. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO E INCLUSÃO. Anais...2015. v.1, n.1, 2014.

TEDDÉ, Samantha. Deficiência. In: TEDDÉ, Samantha. Crianças com Deficiência Intelectual: a aprendizagem e a inclusão. 2012. 99f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro Universitário Salesiano de São Paulo, 2012. p. 19-30.

Downloads

Publicado

2020-08-02

Como Citar

Souza, S. T. de, & Yaegashi, S. F. R. (2020). Alunos com deficiência intelectual: reflexões a respeito das representações sociais de professores. Revista Internacional De Formação De Professores, 5, e020024. Recuperado de https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/96